Uncategorized

UM FIM DE SEMANA DIFERENTE

UM FIM DE SEMANA DIFERENTE
Foi numa altura em que estava entre namoros, sempre andei por sites e havia um que na altura havia uma gajita chamada carla sinde ,com umaS fotos e uns convites ousados,enfim as tangas do costume:) ,era costume, meu, nessa altura, pôr fotos do meu pau no perfil, e um belo dia foi contactado por um gajo que mo queria mamar ,a minha primeira reaçao foi manda-lo aquela parte.
Geralmante lia um “ok tchau”, e coisa ficava por ai ,mas dessa vez nao ,ele no chat privado faz-me um alerta, para tomar cuidado pois todos naquele site eram gay ou bi ,tangas pensei eu, ele volta ao ataque, -se quiseres podemos fazer o seguinte, eu tenho uma amiga de Ovar que quer estar com dois homens,eu quero-te mamar, podemos encontrarmo-nos os tres, ou entao encontras-te com ela e depois se quiseres fazemos uma festa a tres ,confesso, os sentimentos mexeram como ovos, se por um lado pensava este gajo esta a mancar comigo ,por outro estava naquela ,e porque nao ?tinha e tenho a certeza, nao gosto de homens, mas ouve lá, respondi,é so mamares nao tentes outras coisas nao gosto disso ,e ela tem de alinhar conosco ou vai só ver ? nao, ela quer ,respondeu ele ,vou-te dar o numero dela e falas amanha com ela ,o certo é que aceitei e qual nao é o meu espanto que apoz umas trocas de sms e um telefonema estava um cafe marcado perto de Ovar, era uma mulher nos seus 40s cheinha, normal, nada de louras espampanantes, ou boa como tudo, ums marmelos esses sim , vou-vos contar, e ao ir para o carro pois a visita tinha de ser rapida para nao dar nas vistas da parte dela que era casada, so me atira isto “entra que quero ver uma coisa “,assim fiz, logo ela se atirou a minha bergilha ,e meu amigo, ela fez-me o broche da minha vida eu arfava meti-lhe a mao por dentro das calças, estava molhada, mas molhada ,tiemos a muito custo de nos conter mas foi acordo selado, pedi-lhe o numero do gajo, e quando chegei a casa um bocado nervoso e excitado com aquela mamada telefonei, era uma voz quase femenina ,em poucas palavras contei o encontro “mama bem ela nao mama ?” disse ele presentia que sorria, como se a coisa ja tivesse sido combinada, como vamos vazer isto entao? perguntei combinamos uma ida ate ao Porto que era de onde ele era, eu de Aveiro, ela de Ovar ,nada era mais simples comboio ele ia-nos buscar a estaçao .,motel ,festa, regresso, despesas a dividir por 3 ,o plano perfeito, marcamos para esse fim de semana .
nesse sabado pelas 17 horas apanhei o comboio para o Porto,descansei quando a vi entrar em Ovar e quando chegamos já ele estava a nossa espera ia nervoso confesso, lingua estava presa mas ela era fenomenal ,bem disposta e acredita, que foi por ela que fui avante pois no carro, ja ela fez questao de irmos atras, para irmos “brincando” comecei por lhe comer os meloes, a camisa e o soutien, nao tiveram tempo de oferecer resistencia,ja ela me punha a mao no pau iamos em plena estrada e o gajo pelo espelho via-nos e masturbava-se ,apenas pedindo, cuidado , e nao era pelas pessoas ,era porque ele distraia-se ,chegamos ao motel bruxelas onde ele ja tinha feito a reserva para essa noite, um sitio discreto reservado ,quando entramos no quarto ela foi a primeira a deitar-se e a tirar a roupa ,estava a tirar a minha, quando ela começou a mamar ou outro,eu sei que gostas dizia ela sorridente va anda cá tu que quero dois na boca ,tremi, ia ter o contacto com o pau do outro , senti-o molhado pela saliva dela enquanto nos mamava aos dois, arriquei por o meu braço por cima dos ombros dele , perdido por 100 perdido por 1000 ,tipo robot é que nao fico 🙂 ,foi o quebra gelo , a partir ai melhorou ele nao gostava de a penetrar mas eu adorava ora a penetrava , e quando o tirava , la estava uma boca aberta para o receber , era como ter 3 buracos a minha espera , estava para me vir , ela parou e trablhou ele um bocadinho, quero a esporra dos dois na minhas mamas 🙂 enchemo-la de leite ,ela levantou-se ,suja, mas deliciada ,foi ate a casa de banho para se duchar ,ficamos os dois em extase na cama , ele pega no meu pau ,deixa fazer o teste ,disse-me ele ,teste ? perguntei eu ofegante?sim, se te excitares comigo sozinho a mamar-te olha que és dos que gostas,ok ,disse eu ,tenta.
Sentia a boca dele a chupar mas nao levantava , e nao era por cansaço, so o sentir os pelos ,por sentir uns braços estranhos ,sentia o meu corpo quase como a regeita-lo com os sentidos, ele parou olhou-me tristemente e disse: é pena ,tens um pau tao bom, e so gajas é que vao te-lo,riu-se a seguir ela entretanto veio deitou-se no meio de nos ,eu começei a acariciar lhe os peitos ,hidratadinhos , briquei eu ,ela comecou a chupar o pau dele enquanto se rocava no meu e sentia aquela cona a ficar humida outra vez , nao hesitei, penetrei assim mesmo na hora tudo ,vejo ele ficar em 69 lateral com ela ,tirei so para ele lhe dar umas ultimas chupadelas depois comia só a ela ,saimos depois do pequeno almoço ainda mantive umas aventuras por fora com ela mas depopis veio a mulher da minha vida e isso tudo mudou,dele nuca mais soube nada, o site fechou pouco tempo depois, ,nao tinha vontade de trocar sms com ele ,ficou a recordaçao de um fim de semana diferente

Bunlar da hoşunuza gidebilir...

Bir cevap yazın

E-posta hesabınız yayımlanmayacak. Gerekli alanlar * ile işaretlenmişlerdir