Uncategorized

Eu fui o culpado

Amateur

Eu fui o culpado
Somos um casal ja com 35 anos de casados, eu tenho 59 e ela 60 anos .Tudo começou por causa de um acidente, muca mais tive uma ereção expontânea, só através de ajuda da minha esposa fazendo um boquete, era só isso minha vida sexual. Então para animar essa rotina passei a falar pra ela que quando estivesse chupando meu pau fingir que estava dando o cu para outra pessoa só para me deixar mais exitado. No começo ela rejeitou a idéia mas vendo que a rotina dela chupá meu pau já não me satisfazia ela começou a se soltar mais em seus pensamentos. Ela ficava de quatro e eu passava vaselina no seu cu e fingia que meu dedo era um cassete de um negão, ela passou a gostar da brincadeira e dizer na nossa brincadeira para o negão gozar em seu cu e começou a pedir para eu gozar em sua boca como se fosse uma foda alucinante com dois machos, mas tudo isso era só na imaginação nossa, ela cada dia que passava ela se soltava mais em seus pensamentos e me pediu para comprar um penis de silicone pra gente brincar , ela pediu um pequeno pois nunca tinha feito sexo anal com ninguém, tinha um cuzinho apertadinho mas com o uso do consolador passou a ter um cu maravilhoso que facilmente ficava relaxado e cabia nele já três dedos meus, uma delícia !!! Nossas brincadeiras passou a ser muito mais exitantes, botou até nome no consolo de negão, dava muito tezão essa brincadeira, depois que eu gozava em sua boca ela ainda continuava a chupár e pedia para o NEGÃO gozar bem fundo em seu cu, era um delírio só nosso. Até que um dia, após ela ter levado nosso neto na escola ela falou – vem, vamos brincar , tô com vontade de dar o cu, levei um susto pois toda vez era eu que a chamava mas ela nunca negava. Ela tomou a iniciativa dessa vez, pegou o consolo e a vazelina e pos se de quatro e começou a chupá meu pau e falou -enfia com força no meu cu
eu fiquei tarado ao ver que não era só eu que queria brincar. Então ela parou de chupár meu pau, beijou minha boca e deitou no meu peito e disse – você fez eu gostar de imaginar que estou dando pra duas pessoas que agora estou louca para experimentar de verdade, quero que arrombe o meu cu com um pau enorme e verdadeiro e também chupar um pau enorme e preto. Quase desmaie de tezão e surpresa pois ela sempre foi meio frígida. Como realizar seu desejo ? Combinei com ela um passeio em São lourenço mg. Mas sem tocar no assunto de arranjar dois negoes para fuder seu cu que até então era só meu. Chegando em São lourenço quase de noite tomamos um banho e fomos para um bar da cidade, sem eu dizer nada estava de olho pra arrumar os dois homens que não podia ser qualquer um, teria de ser homens sadios, negros e enormes, desisti de procurar pois não achei alguém com essas características. Voltamos pro hotel para jantar mas já tinha encerrado o horário da janta, fomos pro bar do hotel, tava la dois empregados da casa, um negro e outro branco, só nos quatro no hotel vazio. Eu e minha esposa tomamos mais uns dois wisque e subimos pro quarto, ela estava meio bebada então liguei para o restaurante do hotel e pedi um lanche, quando o rapaz chegou eu mandei ele entrar então falei – minha esposa quer dar o cu pra dois machos, chame seu amigo também, foi uma festa, um deles sentou no encosto do sofá com o pau na boca da minha mulher que até chorava de satisfação enquanto o outro metia sua pica enorme no seu cu, eu assistindo tudo no sofa ao lado batendo a punheta mais deliciosa do mundo, então minha esposa pediu quero que os dois gozem juntos, um nas profundezas do meu cU e o outro na minha boca, arrebentaram o cu dela, os dois meteram no cu, pude perceber que seu cu tava arregaçado no outro dia quando voltamos pra casa e na nossa brincadeira de sempre quase pude enfiar minha mão no seu cu agora enorme e flácido, agora por culpa minha sei que ela vai pedir novamente um pau cada vez maior no cu.

Bunlar da hoşunuza gidebilir...

Bir cevap yazın

E-posta hesabınız yayımlanmayacak. Gerekli alanlar * ile işaretlenmişlerdir